Bibliotecas do Agrupamento

Bibliotecas do Agrupamento

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

POEMA DA SEMANA (12)

Canção da Jónia


Porque lhes quebrámos as estátuas,
porque os expulsámos dos seus templos,
não morreram, não, os deuses.
A ti, terra da Jónia, ainda eles amam,
e em suas almas sempre te recordam.
Quando a manhã de Agosto é alvorada em ti,
passa em teu ar um ardor dos deuses vivos;
e às vezes uma etérea forma juvenil,
indefinida, em trânsito subtil,
teus montes sobrevoa.



Konstandinos Kavafis

Sem comentários:

Enviar um comentário